Sabia que é possível morrer de “coração partido”?

cardiomiopatia takotsubo
cardiomiopatia takotsubo

A cardiomiopatia takotsubo popularmente conhecida como a síndrome do coração partido, é uma doença no músculo cardíaco surgindo de forma repentina após uma situação de estresse extremo tanto físico como emocional.

Cerca de 70 a 80% dos casos diagnosticados ocorrem em mulheres após menopausa acima dos 67 anos. A síndrome do coração também pode surgir em pessoas previamente saudáveis.

A Takotsubo foi descrita pela primeira vez no Japão em 1990, e desde então esta forma de cardiomiopatia tem sido reconhecida em todo o mundo. O nome “Takotsubo” veio através de um jarro japonês, porque o ventrículo esquerdo dos pacientes quando delatado apresenta um formato do jarro japonês.

Causas

As causas da cardiomiopatia Takotsubo ainda não foram esclarecidas, porém a teoria mais aceita é de que o excesso de hormônios do estresse leva a uma difusa e temporária contração das artérias.

Você já ouviu falar que pode “matar” uma pessoa de susto?

Então, este é um dos gatilhos para iniciar a síndrome do coração partido, tais como:

  • Festas surpresas
  • Uma notícia muito triste como, diagnóstico de câncer avançado
  • Notícias de morte inesperada de um ente querido
  • Até mesmo em ganhar na loteria, a emoção pode ser tão grande que pode provocar a dilatação do músculo cardíaco.

Apesar de comum, nem todo o quadro de cardiomiopatia Takotsubo está ligado diretamente ao evento estressante. Certa de 1/3 pacientes não consegue identificar nenhum fator desencadeante.

Sintomas           

A cardiomiopatia Takotsubo tem alguns sintomas bastante parecidos com o do infarto agudo do miocárdio, a dor no peito e a falta de ar são os sintomas mais comuns. A hipotensão, síncope, sopro cardíaco e arritmias cardíacas são os sinais e sintomas mais frequentes de serem identificados.

Tratamento e Prevenção

Não existe um tratamento específico para a síndrome do coração partido, mas há um suporte voltado para os sintomas, até que os músculos cardíacos tenham tempo suficiente para se recuperar levando de 1 a 4 semanas.

Há maneiras básicas de se prevenir como:

  • Praticar yoga
  • Treinar o equilíbrio físico
  • E ter seções terapêuticas para ajudar no controle emocional.

A taxa de mortalidade da síndrome é baixa, sendo menor que 5%. Pois grande parte dos pacientes consegue ter uma recuperação rápida do funcionamento cardíaco após algumas semanas de suporte.

É recomendado a realização de check up cardiovascular uma vez no ano, assim evitando possíveis doenças. O BOMÉDICO te ajuda na sua marcação de exames e consultas, evitando possíveis estresses com ligações. É grátis, baixe o nosso aplicativo e encontre o especialista mais próximo.

 

Fontes:

Info Escola
RMMG
Viva Saúde
Cardio Papers
MD Sáude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *